Como acontece com a maior parte das coisas da vida, apreciamos ficar assustados – mas não demais...

Agatha Christie em sua Autobiografia

Personagens

Hercule Poirot

Durante a Primeira Guerra Mundial, refugiadas belgas foram recebidas pela família de Agatha Christie em Torquay. E foi na nacionalidade delas que a escritora inspirou-se na hora de criar seu detetive, Hercule Poirot.

De nacionalidade belga, embora muitos pensem que é francês, Poirot é um personagem extravagante, bem vestido e pouco modesto que, por vezes, pode “obrigar” seu amigo Hatings a explicar aos outros quem ele é. Seu sobrenome vem de poireau que, em francês, significa alho-porró ou verruga. Apareceu já no livro de estreia de Agatha Christie, O misterioso caso de Styles, de 1921.

“Altura, um metro e sessenta e dois; a cabeça, do formato de um ovo, ligeiramente inclinada para um lado; olhos de um verde brilhante quando excitado; espesso bigode hirsuto como costumam usar os oficiais do Exército; e uma pose de grande dignidade”, assim a escritora descreve seu mais célebre personagem.

Para Poirot, é possível resolver um crime estando “apenas sentado na sua poltrona”, pois, ao contrário dos outros detetives da Scotland Yard que buscam pistas no local do crime, Poirot utiliza como principal método a psique humana. Não é um detetive de ação, mas de dedução.

Hercule Poirot não se casou, mas Agatha Christie fez questão de conceder-lhe uma grande paixão, a condessa russa Vera Rossakoff, que o detetive conhece durante as investigações de um roubo de jóias. Entre outros, a condessa aparece no livro Os quatro grandes (Coleção L&PM POCKET), como cúmplice dos criminosos. 

Agatha Christie considerava Poirot um pouco chato, devido a suas excessivas obsessões pela ordem e pelo método.

Miss Marple

Jane Marple, mais conhecida como Miss Marple, é uma velhinha solteirona que mora na pequena aldeia inglesa de St. Mary Mead. Veste-se com simplicidade, cuida de suas plantas e faz tricô. No meio de tudo isso, também resolve alguns mistérios. Isso, graças ao seu incomparável conhecimento da natureza humana e, claro, de sua curiosidade latente.

Miss Marple não desvenda crimes praticamente insolúveis apenas devido a sua inteligência. Mas também porque St. Mary Mead lhe deu exemplos do lado negativo dos homens. Para ela, todo o crime, não importa onde aconteça, lembra algum incidente paralelo ocorrido em seu pequeno vilarejo. Além disso, sua educação foi completa, incluindo cursos de arte com noções de anatomia. E embora de aparência frágil e delicada, não se intimida diante de cadáveres.

O primeiro livro em que a personagem aparece é Assassinato na Casa do Pastor. É nele que Agatha Christie apresenta também o sobrinho de Miss Marple, o “famoso autor” Raymond West que subestima a inteligência da tia.

Miss Marple está presente em 12 livros de Agatha Christie.

Tommy e Tuppence Beresford

Espécie de “Casal 20” criado por Agatha Christie, Thomas Bereford e Prudence Cowley ficaram conhecidos como Tommy e Tuppence Bereford e aparecem em cinco livros da autora, sempre acompanhados de seu fiel escudeiro, Albert. Gosto pelo perigo e senso de humor fizeram com que ganhassem destaque na biografia da escritora. Um detalhe interessante é que, entre um livro e outro, eles envelhecem.

O universo de Tommy e Tuppence é cercado de espionagem, contraespionagem, mensagens cifradas e segredos de Estado. Como em um bom thriller policial há fugas, perseguições, tiros, socos e até cabeçadas. E eles se completam: enquanto Tommy tem os pés no chão, Tuppence é pura intuição.

Ao mesmo tempo que se amam, eles também implicam um com o outro. Ao criar a dupla, Agatha Christie surpreendeu sua editora na época, a Bodley Heas, que esperava um novo caso de Poirot.

No primeiro livro em que aparecem, de 1922, O inimigo secreto, Tommy e Tuppence ainda não estão casados e, como amigos de infância, envolvem-se em um perigoso jogo de espionagem.

Pouco depois do lançamento desse livro, Agatha Christie escreveu uma carta à sua mãe onde dizia “Não se preocupe com dinheiro. Algo me diz que a dupla Tommy e Tuppence será um sucesso”.

No segundo livro, Sócios do Crime, eles se tornam sócios de uma agência de detetives, a Jovens Aventureiros Ltda.

Com Tommy e Tuppence, a Coleção L&PM POCKET publica Sócios do crime, M ou N? e Portal do destino.

AGATHA CHRISTIE™ POIROT™ MARPLE™ MISS MARPLE™ Copyright © 2010 Agatha Christie Limited
(a Chorion company).  All rights reserved.

Sobre o Autor

Agatha Christie é conhecida pelo mundo como a Rainha do Crime. Seus livros venderam mais de um bilhão de cópias em inglês com outro bilhão em línguas estrangeiras. Ela é autora mais publicada de todos os tempos em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare.

L&PM Games

Sugestões

UM PRESSENTIMENTO FUNESTO

POR QUE NÃO PEDIRAM A EVANS?

TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO E OUTRAS HISTÓRIAS

UM DESTINO IGNORADO

 Voltar  Topo     Imprimir
 
Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM
 

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Rua Barra do Tibaji, 354 - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP – CEP 01128-000

Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva